Astêya – Não roubar
Astêya – Não roubar
Nina de Holanda

Nina de Holanda

Astêya – Não roubar

Vamos falar dessa norma: o que significa? Não Roubar é uma das normas conceituais oriunda de uma filosofia de vida muito antiga e que hoje está em alta observação pelas pessoas que buscam a autenticidade, e o polimento de sua persona.

E o estudo do não roubar, deve ser entendido de uma forma mais expandida, seguindo o sentido da honestidade. A pessoa não deve se apropriar dos bens de outrem, nem das ideias, objetos, créditos, tempo mesmo que seja sem querer, uma vez que não se tem autorização do seu dono.

Mais longe podemos ir quando roubamos ou deixamos roubar os nossos próprios sentimentos e habilidades. Uma grande reflexão para todos.

Preceito moderador:

“A observância de astêya não deve induzir à recusa da prosperidade quando ela representar melhor qualidade de vida, saúde e cultura para o individuo e sua família. Contudo, a opulência sem responsabilidade social é um roubo tácito.” (Tratado de Yôga. Professor DeRose)

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no print

Agende sua experiência

Inscreva-se na nossa newsletter