Meditação e Respiração
Meditação e Respiração
Jacqueline Mito

Jacqueline Mito

Meditação e Respiração

Meditar é parar de pensar para permitir que a consciência se expresse de forma mais sutil e profunda. Para alcançar a meditação o corpo precisa parar, o físico e o emocional. Por isso as técnicas corporais antes, para que seu corpo se ajuste de uma forma mais confortável, e seja mais fácil mantê-lo imóvel. E também o corpo mental precisa parar, por isso sutilizamos as emoções, e buscamos o exercício de mindfulness que é o fato de estar presente, concentrado em um único objeto ou som.

Um dos elementos mais importantes para conseguirmos sutilizar os pensamentos é o domínio da nossa respiração. No yôga chamamos as técnicas respiratórias de pránáyáma, que é a expansão da energia através dos respiratórios. Praticamos exercícios para a reeducação respiratória, para assim, aumentar o fluxo de energia do corpo e ainda conduzir essa energia pelos canais específicos e centros de força (chakras).

A meditação pode ser praticada sozinha, mas para que o efeito seja mais profundo é importante combinar toda a prática (técnicas corporais, respiratórias, descontração) inclusive regularmente. Nossa mente é dispersa, portanto precisamos praticar. Assim como trabalhamos o corpo para ficar forte e flexível, o cérebro também deve ser trabalho com constância e treinamento.

Medite diariamente, por 5 minutos, em pouco tempo perceberá a diferença do seu corpo e mente!

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no print

Agende sua experiência

Inscreva-se na nossa newsletter